sábado, 24 de maio de 2008

Skinheads,ultras,hooligans E Barra Bravas.,




Chegou a hora de saber + sobre esses assuntos a todos os LEIGOS q criticam algumas destas coisas sem conhecimento das mesmas...

Skinhead é um movimento caracterizado pelo corte de cabelo muito curto ou raspado (há algumas exceções), um estilo particular de se vestir (que costuma incluir botas e/ou suspensórios), o culto à virilidade, à violência, ao futebol e ao hábito de beber cerveja. A cultura skinhead é também ligada à música. Suas origens remetem ao Reino Unido na década de 1960, onde são proximamente ligados com os rude boys(Jamaicanos) e os Mod (Ingleses).

As primeiras manifestações desta cultura ocorreram por volta de 1967, alcançando o seu primeiro auge em 1969. Este período é chamado nostalgicamente pelos próprios skinheads como "espírito de 69" (ou "spirit of 69", termo cunhado na década de 1980 pela gangue Spy Kids). Eram majoritariamente formados por brancos e negros (estes últimos em sua maioria imigrantes jamaicanos) que frequentavam juntos clubes de soul e reggae, andavam em gangues e se vestiam de uma forma muito particular, em especial pelo corte de cabelo muito curto (daí o nome skinhead, que traduz-se grosseiramente como "cabeça raspada"). Os skinheads ganharam notoriedade nos jornais e na cultura popular da época por muitos deles promoverem confrontos nos estádios de futebol (o chamado hooliganismo) e alguns deles participarem de agressões contra imigrantes paquistaneses e asiáticos. No entanto, muitas das gangues xenófobas anti-asiáticos detestavam os grupos neonazistas e repudiavam o racismo contra negros, como foi o caso da gangue da década de 1970, Tilbury Skins, fundadora da Liga Anti-Paquistaneses e no entanto um grupo anti-nazista.
No final da década de 1970 houve uma "segunda geração" skinhead, decorrente da agitação provocada pela cultura punk e que acabou desencadeando um grande interesse por outros movimentos juvenis do passado, como os mods, teddy boys e skinheads. A geração anterior ("espírito de 69") tinha como uma de suas características a ligação com a música jamaicana, principalmente o reggae, o rocksteady e o ska. Com o surgimento da "revolução musical" do punk rock e sua ética de faça-você-mesmo, muitos skinheads se agregaram ao emergente street-punk (então uma vertente anti-comercial do punk) e deram origem ao estilo Oi!, que abrange tanto os aspectos musicais quanto culturais. Isso no entanto não significou o abandono do reggae e do ska. Nos anos 1980 muitos skinheads tornam-se grandes adeptos do ska chamado "Two Tone" ("dois tons", em referência às cores preta e branca — simbolizando a união de raças).

A partir da década de 1980, a constante pressão da mídia acerca da infiltração do preconceito racial dentro da cultura skinhead (infiltração promovida por uma política deliberada do partido de extrema-direita National Front), somada ao surgimento de um engajamento político dentro desta cultura (tanto à esquerda quanto à direita, além do anarquismo) resultou na fragmentação em vários submovimentos rivais. Desde então, constantemente estes grupos não reconhecem uns aos outros como verdadeiros representantes da cultura skinhead, e é comum que cheguem a se enfrentar fisicamente. Entre os principais atritos estão as divergências explícitas como entre esquerdistas e direitistas, racistas e não-racistas, polítizados e apolíticos. Mas também há grande hostilidade entre grupos de divergência sutil como nazistas e integralistas, conservadores xenófobos.


A cultura skinhead da década de 1960 era formada majoritariamente por jovens da classe operária britânica. O vestuário skinhead, com botas e suspensórios, reflete em certa medida a indumentária operária da Inglaterra desta época.


Existem diversas particularidades culturais e ideológicas que definem diferentes tipos de skinheads.

No aspecto geral:

Os tradicionais, ou trads, que estão mais intimamente ligado aos costumes da década de 1960, especialmente a versão inglesa dos rude-boys.
Os boot-boys (mais tarde chamados de skinhead Oi! ou simplesmente skinhead), forma exagerada e quase caricatural do estilo tradicional e que se tornou a vertente mais comum a partir da década de 1980.
Os casuais são uma continuação da evolução skinhead, que evoluiram dos hooligans. O estilo ganhou força nos tempos em que se foi proibida a entrada de pessoas com botas dentro dos estádios de futebol, o que obrigou os skins fanáticos pela bolinha, e também, por brigas futebolísticas, a diversificar um pouco seu vestuário, trocando as botas pelo tênis. Com o passar dos tempos o visual dos casuais também evoluiu e ganhou características próprias, sendo utilizado como disfarce para brigas entre hooligans.

Nas divergências ideológicas (iniciadas na década de 1980):

Os chamados apolíticos, que se alienam deliberadamente das questões ideológicas da cultura skinhead, travando relações com qualquer dos grupos abaixo (no Brasil, esse tipo é comum em Curitiba).
Os white power (ou bonehead, como são comumente chamados por membros de otro movimento principalmente na europa) são defensores da ideologia NS ou racialista. Sua origem é o sucesso da banda NS Skrewdriver e a as ações das organizações também NS National Front e British Movement que a partir de então aproveitaram da xenofobia (o chamado paki-bash, espancamento de paquistaneses e outros asiáticos) e nacionalismo despolitizado de alguns skinheads para organizar alguns indivíduos brancos num movimento branco-separatista.
Os SHARP, abreviação de Skinheads Against Racial Prejudice ("skinheads contra o preconceito racial"), originalmente um grupo de combate aos white-powers e mais tarde, com a difusão do movimento racista, uma forma de identificar um skinhead como não-racista.
Os RASH, Red and Anarchists Skinheads ("skinheads vermelhos e anarquistas"), que promoviam ideologias esquerdistas a princípio como mais uma forma de combate aos white-powers e mais tarde também como forma de combater o caráter direitista da fase politizada da cultura skinhead em geral.


Musicalidade,
Cada cenario skin tem uma musicalidade diferente...
Os WP(White Powers) escutam RAC HateCore Oi! NSFolk e coisas do genero.
Os SHARP escutam Reggae, Ska,Punk77, Oi! e outros
Os RASH o msm q os acima
Tradskins tbm
e REDSKINS idem

bom...já chega de falar sobre skins
smile.gif

Hooligans, Ultras e Barra Bravas

Hooligans sao torcedores fanaticos e ultraviolentos q honram a camisa de seu time acima de tudo
sao comuns em paises como: Inglaterra,Escocia,Croacia,Alemanha e outros,

Barra Brava é um tipo de torcida muito popular na América Latina, conhecida por incentivar suas equipes com cantos intermináveis e fogos de artifício. Costumam localizar-se em setores mais baratos das arenas esportivas, acompanhando as partidas sempre de pé. Contudo, são responsáveis por muitos atos de violência dentro e fora dos estádios.
A Maior Barra Brava é a La Nº 12 de Boca Juniors q leva esse nome por ser conhecida como o decimo segundo Jogador

ULTRAS
São quase como as Torcidas Organizadas brasileiras, porem São todos Politizados, ou Esquerdistas ou de Extrema-Direita
ultras sao encontrados em paises como Itália, Espanha, Portugal, França e Grécia.
90% dos ultras tem ligações com o movimento skinhead.


axo q é isso nao esclarece muita coisa mas algo esclarece algo hahaha

3 comentários:

André disse...

Sensacional, Belluschi, o kra tá vivo, ele sumiu e apareceu com uma matéria mt boa!!!!
Mandou bem hei???? Gostei pcas!!!!

Oi! Oi! Oi! disse...

Oi! Oi! Oi! primeiro explicando o pq desse cumprimento meu sempre q falo algo na internet! É a música q eu curto é a música q eu toco nas bandas em q eu participo, Bom se fosse eu q colocasse essa mat´ria ficaria chato, alguns poderiam dizer coisas, pô o Vidigal ta levando a coisa pro lado dele, por isso nunca colokei nada bem claro como o nosso compa Bellushi colocou!

Mas isso resume tudo:
"Skinhead é um movimento caracterizado pelo corte de cabelo muito curto ou raspado (há algumas exceções), um estilo particular de se vestir (que costuma incluir botas e/ou suspensórios), o culto à virilidade, à violência, ao futebol e ao hábito de beber cerveja."

Eu to sempre andando com meus suspensórios, minhas botas e botinas, sempre bebendo minha cerveja, sempre ouvindo minha música Oi!, sempre falando de política libertária, sempre falando de torcidas libertárias, Hooligans etc etc.

Exelente Post moçada, muito foda msmo!

Vida LONGA AOS VERDADEIROS SKINHEADS, MORTE AOS CARECAS DO BRASIL, MORTE AOS INTEGRALISTAS E AOS WP!

Oi! Oi! Oi!

André disse...

Gostei bastante da matéria, ela é bem explicativa!!!!